Páginas

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Sustos

Hoje foi um dia de sustos. Fui pegar minha máquina fotográfica (ficou pronta antes do previsto. Trocaram a tela inteira!) e, quando cheguei ao Centro Comercial, vários policiais e todas as lojas fechadas. Lojas fechadas às 13h30?! Fui andando e a escada rolante estava parada. Em uma rápida conversa com uma senhora, ela explicou: houve uma ameaça de bomba e o centro comercial fechou. Fui à aula que tinha à tarde e, depois, me encaminhei ao mesmo centro para recuperar a máquina. Eis que o metrô ficou parado um tempão na estação e, em seguida, veio a explicação: uma mala suspeita foi encontrada e, por isso, o tráfego da linha estava perturbado... Por fim, para terminar o dia, vejo o noticiário: lutas e manifestações na Grécia. Eu não ficaria tão preocupada se não tivesse uma passagem marcada para a próxima sexta com destino a Atenas. A viagem, antes programada para outubro, foi remarcada justamente para este final de semana. Saberia eu que haveria justamente nesta data manifestações violentas? Enfim: não digo que viajo tranqüila, não. Vamos viajar com muita atenção e limitar um pouco as coisas, dependendo do que encontrarmos pela frente. O maior medo, no entanto, é de que o vôo seja cancelado, já que hoje o país inteiro entrou em greve!

3 comentários:

Cristina helena disse...

Meninos!
Se cuidem! Queremos vcs de volta inteirinhos.E não custa fazer umas preces por proteção, para juntar com as nossas daqui, porque o mundo está um tanto enlouquecido.Na vida real preferimos a comédia pura e simples e deixemos a tragédia para os séculos passados... rssrs
bjs

Elen disse...

Pode deixar, voltaremos inteiros - para Paris e, posteriormente, para o Brasil! Vi, hoje, que as manifestações são em lugares isolados (bairros da periferia e algumas outras cidades) e a violência - tão diferente daquela que conhecemos - se traduz em atear fogo em carros e ocupar escolas e universidades. Enfim, acho que será preciso tomar cuidado com saques e outras coisas, mas nada muito alarmante. O pior já passou, que foi no final de semana, com a morte do jovem e o confronto entre os jovens e a polícia. Mas, pelo o que li nos jornais daqui, a Grécia está numa encruzilhada tremenda, por conta do governo extremamente conservador.
Desculpa, mas acho que o mundo real está mais propício às tragédias. Elas, infelizmente, não estão renegadas aos séculos passados, mas permeiam a nossa vida cotidiana. Mas passar por uma tragédia na Grécia, quero que seja apenas pelos livros!
Beijos.

Cristina helena disse...

Pois...
Será que podemos rir um pouco das pequenas tragédias, chorar com as comédias meio singelas e nunca sermos atores ou personagens das grandes tragédias ou comédias? Estou a espera de noticias e muitas belas fotos!! Voltem logo, voltem bem, nós estamos mesmo com muita saudade.
beijos